Ficha de identificação da obra

Diretrizes para Elaboração da Ficha de Identificação da Obra

Informações e orientações de uso

Com o programa de elaboração da ficha de identificação da obra elaborada pelo autor é preciso apenas preencher os campos desses elementos com os dados da sua dissertação, tese, relatório de pós-doutorado, trabalho de conclusão de curso (monografia ou relatório de estágio) e monografia de especialização. O programa fará a ordenação e formatação correta dos dados, apresentando a ficha finalizada e normalizada, em um arquivo pdf, disponível para download e ou impressão.

Acesse o endereço http://ficha.bu.ufsc.br/ usando um dos navegadores compatíveis (Firefox, Chrome, Opera, Safari) e preencha os campos do formulário com as orientações abaixo:

ficha

 Nome do Autor: é responsável direto pela redação da obra. No caso de teses e dissertações, a autoria é do aluno.

a)      Digite seu primeiro nome e nomes/sobrenomes intermediários (se for o caso).
b)      Apenas as letras iniciais em maiúsculo.

Último Sobrenome : digite seu último sobrenome. Utilize sempre o sobrenome da forma que você costuma publicar seus trabalhos. Apenas as letras iniciais em maiúsculo.

Exemplo:
Silvio Coelho dos Santos (
Silvio Coelho dos = nome  Santos = sobrenome)

Exemplos para sobrenomes compostos (grau de parentesco, lugar, ligados por hífen,outros)

Henrique Silva Júnior             (Henrique = nome  Silva Júnior  = sobrenome)

João Oscar do Espirito Santo (João Oscar do = nome  Espirito Santo = sobrenome)

Carlos Monte Verde               (Carlos = nome  Monte Verde = sobrenome)

Elsa Lykke-Seest                    (Elsa = nome  Lykke-Seest  = sobrenome)

 

Título do trabalho:
a) Reproduzido tal como aparece no documento;
b) Apenas a primeira palavra, inicial em maiúscula (exceção dos nomes próprios);

Exemplos: A crise do ensino jurídico de graduação no Brasil
Portais corporativos para gestão do conhecimento

                
Subtítulo do trabalho:
a)      Reproduzido tal como aparece no documento;
b)      Iniciais em minúsculo (exceção dos nomes próprios);

Exemplo: indo além do senso comum

 

Trabalho : tipo de trabalho produzido e grau obtido. Selecione tese quando for concluído o doutorado, dissertação quando for concluído o mestrado, monografia de especialização para cursos de especialização latu sensu, trabalho de conclusão de curso para monografias ou relatórios de estágio apresentados como trabalhos finais dos cursos de graduação.

 

Programa/Curso: selecione a opção ao qual você pertence e defendeu seu trabalho nos casos de tese, dissertação, relatórios de pós-doutorado, trabalhos de conclusão de curso, para as monografias de especialização escreva o nome do curso.

Exemplo: Antropologia Social

 

Centro: selecione ao qual está ligado o seu Programa de Pós-Graduação, curso de graduação ou especialização.

Exemplo: Centro de Filosofia e Ciências Humanas

 

Nome do orientador: como co-responsável pelo trabalho, digite o nome do seu orientador e nomes/sobrenomes intermediários, se for o caso. Apenas as primeiras letras iniciais em maiúsculo.

Exemplo: João Baptista Borges

Sobrenome do orientador: digite o último sobrenome do orientador. Atenção: assinale a caixa “orientadora”, se for o caso, para que o programa faça a distinção da forma feminina ao designar essa função no corpo da ficha catalográfica.
Siga as orientações dadas para último sobrenome do autor.

 

Nome do co-orientador: como co-responsável pelo trabalho, digite o nome do seu coorientador e nomes/sobrenomes intermediários, se for o caso.
Siga as orientações dadas para nome do autor.

Sobrenome do co-orientador: digite o último sobrenome do coorientador. Atenção: assinale a caixa “coorientadora”, se for o caso, para que o programa faça a distinção da forma feminina ao designar essa função no corpo da ficha catalográfica.

Siga as orientações dadas para último sobrenome do autor.

 

Ano: registre o ano em que a tese ou dissertação foi defendida e entregue ao Programa de Pós-Graduação.

 

Número de páginas : registre o total de páginas da tese ou dissertação.

 

Assuntos: registre palavras ou expressões que representam o conteúdo do seu trabalho. Devem aparecer em ordem decrescente de importância. Evite termos redundantes ou repetitivos. É obrigatório registrar um assuntoos demais devem ser registrados em função da necessidade e amplitude de temas do conteúdo da tese ou dissertação. Evite usar muitos termos para um assunto – no máximo até 3 palavras para definir um assunto.

 

Observação: Para teses, dissertações, relatórios de pós-doutorado e trabalhos de conclusão de curso não é necessário informar o assunto geral, pois este sempre será a área do Programa de Pós-Graduação ou Graduação, um trabalho da Graduação em Biologia terá como assunto principal Biologia. O mesmo não se aplica as monografias de Especialização onde é altamente recomendado usar a área do Programa como o primeiro assunto, exemplo: para a Especialização em Gestão de Bibliotecas Escolares, o assunto primário deverá ser Gestão de Bibliotecas Escolares.

 

Ao clicar em Enviar o programa gera a ficha de identificação da obra, como um arquivo pdf, disponível para download e/ou impressão, conforme apresentado abaixo:

ficha de identificação

Lembre-se: a ficha de identificação da obra elaborada pelo autor deve constar no verso da folha de rosto de teses e dissertações de modo a possibilitar sua representação precisa pelas informações de autor, título, local, data, número de folhas, assunto, etc.

A ficha é gerada em formato A4, para adaptá-la ao formato A5 recomendamos a cópia da tela através do comando Print Scr do teclado.

Para incluir a ficha de identificação da obra apresentamos abaixo duas possíveis formas de gerar a imagem:

 Para outros esclarecimentos entre em contato com a BU/UFSC:

Serviço de Tratamento da Informação
E-mail: teses@bu.ufsc.br
Mais informações pelo telefone (48) 3721-9431

CRÉDITOS

O Sistema para Geração Automática de Ficha Catalográfica de Teses e Dissertações foi desenvolvido pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo e gentilmente cedido para ser adaptado às necessidades dos alunos dos Programas de Pós-Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina. Adaptação realizada por Bernardo Victor Engelke, aluno do curso de Ciências da Computação e bolsista do Sistema de Bibliotecas da UFSC e supervisionado pelas bibliotecárias do Sistema. Tutorial de preenchimento elaborado pela bibliotecária Claudiane Weber.

REFERÊNCIAS

CRISTIANINI , Gláucia Maria Saia; MORAES, Juliana de Souza; CASTRO , Maria Alice Soares de. Sistema para geração automática de ficha catalográfica para teses e dissertações: mais autonomia para o usuário. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERISTÁRIAS, 17., 2010, Rio de Janeiro. Anais . 2010. Disponível em:< http://www.gapcongressos.com.br/eventos/z0070/trabalhos/final_293.pdf .>. Acesso em: 13 maio 2012